Anfitriões

“Pablo escreveu. Violeta canta. É hora de desfrutar.

Pablo Neruda foi o pseudônimo para o mundo, mas seu verdadeiro nome era Ricardo Eliecer Neftalí Reyes Basoalto. O poeta chileno, que em 1971 recebeu o Prêmio Nobel de Literatura, e que hoje recebe a anuência. Seus versos coletaram e perpetuaram a identidade nacional.

Neruda celebrava festas protagonizadas pela música e pela poesia, honrando a boa gastronomia. Seu encanto pelos ingredientes, preparações e receitas creoles ficaram refletidos em muitos desses encontros.

É uma das folcloristas mais importantes da América; ela era também compositora, escultora, bordadeira e ceramista. A música de Violeta Parra percorreu o mundo, e ela ensinava tocando seu violão, servindo o vinho, agitando o fogo e cantando para o seu povo.

Violeta cantava também à boa comida e a família em torno do que ali se compartilhava. Solidária e acolhedora, dividia seus conhecimentos na tenda que montou para celebrar a música. Hoje ela celebra com vocês.